manchete

Governo do Acre substitui empresas de transporte coletivo e garante mais segurança e conforto aos usuários

Published

on

Da Secom

Atendendo à reivindicação da população, o governo estadual, por meio da Agência Reguladora dos Serviços Públicos do Estado do Acre (Ageac), substituiu a empresa  que realizava as linhas intermunicipais de Senador Guiomard, Bujari, Vila do V e Porto Acre.

A empresa Trans Acreana ganhou a concessão e entregou, na quarta-feira, 12, seis novos ônibus que irão atender as linhas, trazendo mais segurança e conforto aos passageiros.

A empresa já investiu em novos ônibus, que irão atender com mais eficiência à população. Foto: cedida

“Essa é uma reivindicação antiga desses municípios. A chegada dos ônibus demonstra o investimento feito pela empresa  e a confiança que tem no governo do Estado que, por meio da Ageac, não vem medindo esforços para  melhorar o transporte intermunicipal da população acreana”, afirmou a presidente da Ageac, Mayara Lima.

Segundo a gestora, a empresa anterior foi substituída por má prestação de serviço: “Constantemente, os ônibus quebravam na estrada, a empresa não cumpria horário e deixava a população sem transporte”.

A nova frota garante mais segurança para os passageiros. Foto: cedida

Os novos ônibus começaram a rodar nesta quinta-feira, 13. Os veículos são seminovos e contam com ar condicionado, câmeras internas, Wi-Fi e GPS.

Leia Também:  Diretor de hospital de Sena e mais 15 são exonerados após Mazinho desrespeitar governador

“É de suma importância esse investimento para a nossa população, que vinha enfrentando vários problemas com os veículos antigos, que causavam muitos transtornos aos usuários”, afirma Lucas Jalúl, chefe da Divisão Técnica do Transporte da Ageac.

A empresa já atua em outros municípios do estado.

A Trans Acreana vem realizando investimentos constantes na frota. O proprietário Fernando Lourenço reforça que, nos últimos cinco anos, os investimentos em novos ônibus geraram em torno de R$ 15,5 milhões.

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

manchete

Servidores da Educação e Saúde do AC mantém greve após aprovação de reajuste e auxílio alimentação

Published

on

Servidores da Educação e Saúde do estado decidiram manter a paralisação das atividades e atendimentos após aprovação dos reajustes salariais e auxílio alimentação pelos deputados na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac). As categorias se reúnem na próxima semana para discutir os próximos passos da greve.
A greve da Educação começou no dia 16 de fevereiro. O motivo é a paralisação dos servidores da pasta por melhorias salariais, concurso público e outras reivindicações. Por conta da paralisação, o início das aulas foram adiadas do dia 4 de abril para o dia 11.
“Vamos fazer a assembleia na segunda-feira [4] às 9h no Centro. Não era o que queríamos, queremos manter nossa estrutura de carreira, os percentuais entre os níveis, manter os percentuais entre nossas referências e, infelizmente, nos tiraram tudo. Vamos apresentar e discutir como ficou o projeto”, afirmou a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre (Sinteac), Rosana Nascimento.
Os sindicatos dos Trabalhadores em Saúde do Acre (Sintesac) e dos Médicos do Acre (Sindmed-AC) também se posicionaram a favor da paralisação. Para o Sindmed-AC, a reposição de 5,42% é ofensiva e o governo descumpriu o acordo.
“O descumprimento do acordo representou uma grande decepção para a categoria, uma ofensa, pois já havia concordância, por meio de negociação fechada, em junho do ano passado, que existiria a reposição inflacionária dos dois últimos anos”, pontuou o vice-presidente do sindicato, Rodrigo Prado.
O presidente do Sintesac, Adailton Cruz, disse que a categoria se reúne na próxima terça-feira (5) em uma assembleia geral para discutir se continua ou não com o movimento. “O reajuste aprovado não é o que o governo se comprometeu, não é nem a metade do que foi acordado. Os trabalhadores estão muito decepcionado”, revelou.
Com informações G1 Acre

Leia Também:  Alan Rick garante recursos para Porto Acre e reivindica melhorias na Segurança Pública ao ministro Sérgio Moro

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI