manchete

MP reconhece esforço de Alan Rick para ampliar atendimento à população do interior

Published

on

Alan Rick e Procuradores conversam sobre construção das unidades do MPAC em Assis Brasil e Xapuri
A convite da procuradora-geral de Justiça, Dra. Kátia Rejane, o deputado federal Alan Rick (DEM) esteve reunido, nesta quarta-feira (05/01), com os membros do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) para tratar do lançamento das obras da unidade do MPAC em Assis Brasil e a futura construção da sede de Xapuri. Os dois empreendimentos contam com emenda do parlamentar no valor de R$ 1,3 milhão. A construção da unidade de Assis Brasil já está com o recurso na conta e a obra será licitada este mês.
Estiveram presentes na reunião, a procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Acre, Dra. Kátia Rejane, o procurador Danilo Lovisaro, que será empossado como procurador-geral nos próximos dias, o corregedor-geral do MPAC, procurador de Justiça Celso Jerônimo de Souza, os procuradores-gerais adjuntos para Assuntos Jurídicos, Sammy Barbosa Lopes, e Administrativo e Institucional, Gilcely Evangelista, além do secretário-geral do MPAC, promotor de Justiça Rodrigo Curti, do secretário dos Órgãos Colegiados, promotor de Justiça Almir Branco, a procuradora de Justiça Rita de Cassia Nogueira e os promotores de Justiça Glaucio Shiroma Oshiro e Marcela Ozorio.
A reunião foi conduzida pela procuradora-geral que está deixando o cargo. Dra Kátia Rejane agradeceu a parceria do deputado durante a sua gestão para a interiorização do MPAC.
“Isso faz parte dos avanços do Ministério Público. Ter um prédio de referência com a nossa identidade para que a população tenha mais acesso. Essas duas emendas que o deputado Alan Rick destinou ao Ministério Público são muito importantes não só para a estruturação do órgão, mas para a população que vai se beneficiar de um ambiente mais adequado, de um atendimento muito melhor e eu creio que com isso nós vamos avançar” – concluiu a procuradora-geral.
O novo procurador-geral Danilo Lovisaro tomará posso nos próximos dias e também agradeceu pelo empenho de Alan Rick no fortalecimento do MPAC.
“Deputado tem se mostrado muito dedicado e atencioso com as demandas do Ministério Público e isso reflete no trabalho do Ministério Público do Estado do Acre, que é um trabalho para a população. O Ministério Público é muito grato por toda essa atenção que o deputado dá com suas emendas para a infraestrutura do Ministério Público, sobretudo, no interior do estado.” – agradeceu o novo procurador-geral.
Alan Rick parabenizou a procuradora Kátia Rejane pelo trabalho realizado até aqui e se colocou à disposição do novo procurador e de todo o Ministério Público.
“Fico muito feliz em dialogar com os membros do Ministério Público compartilhando dessa notícia de que o recurso já está em conta para o início das obras. Foram R$ 600 mil para a construção da sede em Assis Brasil e mais R$ 700 mil para a sede de Xapuri, que também deve ter o recurso liberado e as obras iniciadas este ano. Tenho sido um parceiro do MPAC, recentemente estive com dra. Kátia, em Brasília, buscando recursos junto ao Ministério da Justiça para vários projetos. O Ministério Público pode continuar contando com o meu apoio em todas as áreas.” – disse Alan Rick.

Leia Também:  Direito de resposta: gestor da Sepa no interior nega uso indevido de veiculo oficial

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

manchete

Servidores da Educação e Saúde do AC mantém greve após aprovação de reajuste e auxílio alimentação

Published

on

Servidores da Educação e Saúde do estado decidiram manter a paralisação das atividades e atendimentos após aprovação dos reajustes salariais e auxílio alimentação pelos deputados na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac). As categorias se reúnem na próxima semana para discutir os próximos passos da greve.
A greve da Educação começou no dia 16 de fevereiro. O motivo é a paralisação dos servidores da pasta por melhorias salariais, concurso público e outras reivindicações. Por conta da paralisação, o início das aulas foram adiadas do dia 4 de abril para o dia 11.
“Vamos fazer a assembleia na segunda-feira [4] às 9h no Centro. Não era o que queríamos, queremos manter nossa estrutura de carreira, os percentuais entre os níveis, manter os percentuais entre nossas referências e, infelizmente, nos tiraram tudo. Vamos apresentar e discutir como ficou o projeto”, afirmou a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre (Sinteac), Rosana Nascimento.
Os sindicatos dos Trabalhadores em Saúde do Acre (Sintesac) e dos Médicos do Acre (Sindmed-AC) também se posicionaram a favor da paralisação. Para o Sindmed-AC, a reposição de 5,42% é ofensiva e o governo descumpriu o acordo.
“O descumprimento do acordo representou uma grande decepção para a categoria, uma ofensa, pois já havia concordância, por meio de negociação fechada, em junho do ano passado, que existiria a reposição inflacionária dos dois últimos anos”, pontuou o vice-presidente do sindicato, Rodrigo Prado.
O presidente do Sintesac, Adailton Cruz, disse que a categoria se reúne na próxima terça-feira (5) em uma assembleia geral para discutir se continua ou não com o movimento. “O reajuste aprovado não é o que o governo se comprometeu, não é nem a metade do que foi acordado. Os trabalhadores estão muito decepcionado”, revelou.
Com informações G1 Acre

Leia Também:  Empresa acusada de fraude com a Sesacre pertence a empresário da aviação e tem contrato milionário com Zeladoria de Rio Branco

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI