manchete

Veja o vídeo da confusão que terminou com tragédia, neste domingo, em Rio Branco

Published

on


Um vídeo gravado por testemunhas mostra parte da confusão que terminou na morte de José Célio Pereira da Silva de 34 anos, com dois tiros, na madrugada deste domingo na frente de uma boate, na Avenida Nações Unidas, em Rio Branco. Os tiros foram disparados por um policial militar.
Nas imagens é possível ver quando José Célio Pereira (foto) dá um soco no rosto da esposa, uma sargento da PM.
Na sequência ele saca um canivete do bolso e fere uma pessoa.
Pouco tempo depois o policial militar (camisa preta) vai em direção a José Célio, saca uma arma de fogo.
Uma breve discussão acontece.
Dois tiros são ouvidos na sequência.
A partir daí a gravação é encerrada.
Veja AQUI mais detalhes

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Governo antecipa salário de março e decreta toque de recolher no Acre entre 22h e 05h; infrator será preso
Advertisement

manchete

Servidores da Educação e Saúde do AC mantém greve após aprovação de reajuste e auxílio alimentação

Published

on

Servidores da Educação e Saúde do estado decidiram manter a paralisação das atividades e atendimentos após aprovação dos reajustes salariais e auxílio alimentação pelos deputados na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac). As categorias se reúnem na próxima semana para discutir os próximos passos da greve.
A greve da Educação começou no dia 16 de fevereiro. O motivo é a paralisação dos servidores da pasta por melhorias salariais, concurso público e outras reivindicações. Por conta da paralisação, o início das aulas foram adiadas do dia 4 de abril para o dia 11.
“Vamos fazer a assembleia na segunda-feira [4] às 9h no Centro. Não era o que queríamos, queremos manter nossa estrutura de carreira, os percentuais entre os níveis, manter os percentuais entre nossas referências e, infelizmente, nos tiraram tudo. Vamos apresentar e discutir como ficou o projeto”, afirmou a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre (Sinteac), Rosana Nascimento.
Os sindicatos dos Trabalhadores em Saúde do Acre (Sintesac) e dos Médicos do Acre (Sindmed-AC) também se posicionaram a favor da paralisação. Para o Sindmed-AC, a reposição de 5,42% é ofensiva e o governo descumpriu o acordo.
“O descumprimento do acordo representou uma grande decepção para a categoria, uma ofensa, pois já havia concordância, por meio de negociação fechada, em junho do ano passado, que existiria a reposição inflacionária dos dois últimos anos”, pontuou o vice-presidente do sindicato, Rodrigo Prado.
O presidente do Sintesac, Adailton Cruz, disse que a categoria se reúne na próxima terça-feira (5) em uma assembleia geral para discutir se continua ou não com o movimento. “O reajuste aprovado não é o que o governo se comprometeu, não é nem a metade do que foi acordado. Os trabalhadores estão muito decepcionado”, revelou.
Com informações G1 Acre

Leia Também:  Bocalom acompanha imunização de idosos nesse sábado em Rio Branco

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

RIO BRANCO

POLÍTICA

POLÍCIA

ACRE AGORA

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI